Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Agenda econômica da semana

Agenda econômica da semana – 19/12 a 23/12

Confira a agenda econômica da semana: principal destaque no Brasil é a divulgação do IPCA-15 de dezembro. Espera-se uma alta de 0,54%.
Publicado em 19/12/2022
Leia em 2 minutos
Allan Almeida

Índice

A agenda econômica da semana não tem muitos destaques. No Brasil, o principal é a prévia do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), de dezembro.

Espera-se uma alta mensal de 0,54%, levando a taxa anual para 5,9%, de 6,2%.

O indicador deve ser pressionada por alimentação em domicílio (especialmente in natura), gasolina e preços de passagens aéreas.

Por outro lado, produtos de higiene pessoal devem apresentar alguma deflação, ainda com descontos de Black Friday.

Já no Congresso, destaque para a votação da PEC da Transição, na Câmara dos Deputados, que deve ocorrer na próxima terça-feira (20).

O texto é considerado fundamental para viabilizar o pagamento do Bolsa Família em parcelas de R$ 600,00 mensais e um adicional de R$ 150,00 a famílias com crianças de até seis anos.

A PEC, aprovada pelo Senado Federal na semana retrasada, prevê uma ampliação de R$ 145 bilhões no teto de gastos.

Articuladores políticos do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), correm contra o tempo para destravar a votação.

Porém, o movimento esbarra no julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a constitucionalidade das emendas de relator (conhecidas como “orçamento secreto”).

Já a votação do projeto que altera a Lei das Estatais no Senado deve ficar para 2023. O texto passou pela Câmara na calada da noite da terça-feira passada, o que gerou uma forte repercussão negativa.

Desse modo, a manobra facilita indicações políticas para cargos em empresas públicas e agências reguladoras. É o caso de Aloizio Mercadante, anunciado por Lula como novo presidente do BNDES.

Hoje, a Lei das Estatais impede que políticos ou pessoas que trabalharam em campanhas eleitorais nos últimos 36 meses ocupe cargos de presidente ou diretor em empresas públicas. A alteração aprovada na Câmara remove essa alteração.

Agenda econômica da semana no exterior

O Federal Reserve, o Banco Central da Inglaterra e o BC Europeu fizeram, cada um, novo ajuste de 50 pontos-base, desacelerando o ciclo de aperto – mas indicando que as taxas devem se manter elevadas por mais tempo.

Na semana, destaque para a terceira e última revisão do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos. A segunda apontou para um crescimento de 2,9%.

Dados de Confiança do Consumidor do Conference Board e de Michigan serão conhecidos na quarta e na sexta-feira, respectivamente.

Também é na sexta que saem os números de gastos pessoais de novembro medidos pelo PCE, o índice de inflação predileto do Federal Reserve.  O consenso Refinitiv prevê uma ligeira alta de 0,2% no núcleo do índice.

No mundo corporativo, a Nike vai divulgar os resultados de seu segundo trimestre fiscal na terça-feira (20), após o fechamento das Bolsas em Nova York.

O investidor deve ficar de olho em dados referentes aos estoques da companhia, um importante termômetro do consumo e de como a inflação elevada está corroendo o poder de compra da população.

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.