Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
fintechs de crédito

Como a alta de juros impacta nos investimentos?

Entenda como a alta de juros impacta nos investimentos e saiba qual o melhor momento para investir, aumentando as chances de ganho.
Publicado em 20/10/2022
Leia em 2 minutos
Allan Almeida

Índice

Com a economia mundial abalada por conta da pandemia de covid-19, muitos se perguntam como a alta de juros impacta nos investimentos.

A crise sanitária se instalou e houve forte redução na oferta de produtos, desacelerando a economia.

Com o aumento de juros pelo Fed (Banco Central dos EUA), os investidores tendem a tirar seus recursos financeiros de outros países para aplicar nos Estados Unidos, provocando uma valorização do dólar comparado a outras moedas.

Além dessa fuga de capital para investimento, a moeda desvalorizada faz com que a compra de matérias-primas, geralmente importadas, fique mais cara, aumentando o preço em toda a cadeia produtiva.

Para combater a inflação, esses países aumentam os juros internos. No caso do Brasil é a taxa Selic que é definida pelo Banco Central.

Isso pode drenar os investimentos no setor produtivo, que promovem o crescimento econômico.

Especialistas afirmam que a longo prazo, essa alta de juros gera mais subida de preços, o que levaria as autoridades a aumentar a taxa de juros, caindo em uma espiral inflacionária difícil de ser contida.

Como a alta de juros impacta nos investimentos?

Com esse cenário, a renda variável não é tão atrativa, já que acaba perdendo valor por não estar atrelada à taxa de juros.

Essa alta nos juros deixa os ativos financeiros mais restritos e instáveis, aumentando o custo de oportunidade.

No entanto, os títulos pós-fixados de renda fixa indexados na taxa básica de juros (Selic) ficam mais atrativos.

Desse modo, o recurso acaba rendendo mais com um risco baixo, uma combinação que deve atrair o investidor.

Como investir com juros altos?

Com o aumento de juros na economia mundial, o investidor precisa estar certo de que a carteira está diversificada, tanto entre renda variável e fixa.

Uma parte tem de estar exposta a ativos de renda fixa pós-fixada para aproveitar a alta de juros sem ter grandes perdas financeiras.

Procurar pessoas com maior experiência, como especialistas e assessores de corretoras e bancos, é fundamental para ter sucesso na estratégia.

Depois de um tempo, as pessoas acumulam conhecimento para se converterem em investidores por conta própria.

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.