Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Custos financiamento imobiliário

Custos do financiamento imobiliário

Na hora de financiar um imóvel, fique de olho nos custos do financiamento imobiliário. Acompanhe a seguir todas as despesas.
Publicado em 15/09/2022
Leia em 2 minutos
Allan Almeida

Índice

Na procura pela primeira moradia, surge a dúvida de quais são os custos ao fazer um financiamento imobiliário.

Para isso, o CEO da SejaBest, Gaspar Motta, traz todos os valores envolvidos na operação.

Para melhor entendimento, ele divide em 3 pilares para explicar os custos do financiamento imobiliário: tarifas bancárias, despesas na operação e impostos.

1. Tarifas Bancárias

Segundo Motta, são todas as tarifas cobradas pela instituição financeira para fazer o financiamento imobiliário. Geralmente é cobrada uma tarifa de cadastro ou análise de cadastro e outra para avaliação do imóvel, quando um engenheiro emite um laudo avaliando o imóvel em questão.

Dependendo do imóvel, não é mais necessário que o engenheiro vá até o local. Sendo assim, algumas avaliações são feitas online, diminuindo o custo dessa etapa da operação.

Essas tarifas são cobradas, geralmente, antes da emissão do contrato. Porém, na hora da simulação o banco já deve informar qual é o custo.

2. Imposto Municipal

No financiamento imobiliário é cobrado o ITBI (Imposto sobre Transmissão do Bem Imóvel). É uma alíquota percentual municipal que gira em média de 3% sobre o valor de compra e venda declarado.

Por exemplo: um imóvel de R$ 300 mil, o ITBI será de R$ 9 mil.

Motta explica que em casos de aquisição da primeira moradia, é possível conseguir até 50% de desconto na hora de pagar esse imposto.

Veja mais detalhes sobre o ITBI no vídeo a seguir:

3. Despesas da operação (cartório e demais custos)

Até um simples reconhecimento de firma dos contratos irá gerar uma despesa a mais na sua operação, por isso tudo isso deve ser levado em conta.

Sabe-se que existem as despesas cartorárias e que muitas vezes causam dúvidas, pois é cobrado um valor específico para cada caso.

Motta esclarece que no financiamento imobiliário o próprio contrato tem poder de escritura pública, ou seja, não é necessário pagar esse serviço à parte.

Para saber quais os valores para o registro de imóveis, basta pesquisar a tabela de emolumentos no Google, pois cada cartório tem uma tabela específica de preços. No site do cartório você irá encontrar essas informações.

Por fim, os custos básicos da operação do financiamento imobiliário são esses listados acima. Não tem como dizer um valor exato, pois cada instituição financeira cobra um valor em suas tarifas e cada situação gera um determinado custo no cartório.

Portanto, o melhor é consultar uma assessoria para tirar todas as dúvidas. Além disso, um consultor pode te ajudar a encontrar o financiamento imobiliário que mais se encaixa no seu orçamento.

SejaBest possui várias parcerias e por isso oferece taxas de juros mais baixas. O atendimento personalizado garante uma ótima experiência ao cliente. Desse modo, é possível tirar dúvidas a qualquer hora do dia, todos os dias da semana.

Tem interesse no financiamento imobiliário?

Simule aqui

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.