Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
deflação IGP-M

IGP-M de novembro apresenta queda de 0,56%

IGP-M de novembro registra deflação de 0,56%, acumulando taxas de inflação de 4,98% no ano e de 5,9% em 12 meses.
Publicado em 29/11/2022
Leia em < 1 minutos
Allan Almeida

Índice

O IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) registrou deflação de 0,56% em novembro deste ano. A queda foi menos intensa do que a observada no mês anterior (-0,97%).

Com isso, o IGP-M acumula taxas de inflação de 4,98% no ano e de 5,9% em 12 meses. Em novembro de 2021, o IGP-M havia registrado inflação de 0,02% no mês e 17,89% em 12 meses.

Quer entender melhor o que é IGP-M e como ele é calculado? Clique aqui

IPA / INCC / IPC

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede o atacado, teve uma deflação de 0,94% em novembro deste ano, ante uma queda de preços de 1,44% em outubro.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu de 0,04% para 0,14% no período, sob pressão da alta de 0,53% no custo da mão de obra.

Enquanto o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,64% este mês, após alta de 0,50% no mês anterior.

No IPC, cinco das oito classes de despesa que compõe o índice registraram acréscimo em suas taxas de variação.

A principal contribuição partiu do grupo Transportes (-0,96% para 0,79%), com destaque para o item gasolina, cuja taxa passou de -3,74% em outubro para 1,58% em novembro.

Também apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos:

  • Alimentação (0,57% para 0,83%);
  • Comunicação (-1,03% para -0,32%);
  • Saúde e Cuidados Pessoais (0,80% para 1,00%);
  • Vestuário (0,67% para 0,83%).

Em contrapartida, os grupos Educação, Leitura e Recreação (3,15% para 0,60%), Habitação (0,63% para 0,37%) e Despesas Diversas (0,22% para 0,14%) registraram decréscimo em suas taxas de variação.

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.