Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
A imagem mostra uma pessoa dentro de um mercado com uma calculadora na mão.

Mesmo com alta da gasolina, inflação se mantém estável

Pela primeira vez houve estabilidade nas projeções, depois de 11 semanas consecutivas de alta.
Publicado em 06/03/2023
Leia em 2 minutos
Allan Almeida

Índice

A estimativa do do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação no país, se manteve estável.

O ano de 2023 deve terminar com inflação de 5,9%, segundo a projeção. É o que mostra o Boletim Focus, do Banco Central (BC), nesta segunda-feira (6).

A previsão segue em estabilidade já que, na semana passada, o mercado tinha projetado o mesmo valor para o IPCA.

Com isso, houve estabilidade nas projeções, pela primeira vez, depois de 11 semanas consecutivas de alta.

O que contrariou a previsão de especialistas do mercado financeiro que esperavam alta da estimativa por conta da desoneração da gasolina.

O retorno do PIS e Cofins ao preço dos combustíveis foi anunciado pelo governo federal na semana passada. No entanto, a volta dos impostos vai acontecer de forma gradativa.

Para 2024, segundo o boletim, a projeção do IPCA é de 4,02%; para 2025, 3,80%; e para 2026, 3,77%.

O Brasil teve inflação acumulada de 5,79% em 2022. Acima do teto da meta estipulada pelo governo federal pelo segundo ano consecutivo.

PIB

Segundo o Focus, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para 2023 deve ter crescimento de 0,85%, o que representa um aumento em relação à estimativa da semana anterior (0,84%).

Dólar

Os analistas consultados pelo BC mantiveram a projeção para o dólar em 2023, em R$ 5,25, valor que vem se mantendo nas últimas semanas. Para 2024, a estimativa é de R$ 5,30.

Taxa Selic

Em relação à Selic, que é a taxa básica de juros da economia brasileira, o mercado financeiro manteve a estimativa de 12,75% para este ano.

Para 2024, a projeção continua em 10% ao ano; já para 2025, segue em 9%.

Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), a Selic foi mantida em 13,75% ao ano. A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para controlar a inflação.

Os dados são do Boletim Focus. O relatório, divulgado toda segunda, traz as estatísticas calculadas a partir das expectativas de mercado.

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.