Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
IPCA-15 SETEMBRO

IPCA-15 de agosto pode registrar queda de 0,75%

O IPCA-15 de agosto poderá registrar uma queda, já que houve uma desaceleração dos preços de vários itens pesquisados.
Publicado em 23/08/2022
Leia em < 1 minutos
Allan Almeida

Índice

O IPCA-15 de agosto será divulgado amanhã (24/08) e pode registrar uma queda de 0,75%, segundo especialistas.

O IPCA-15 é uma prévia da inflação do mês e sempre é divulgado antes do índice oficial (IPCA).

Desse modo, o IPCA-15 deverá ir de 11,39% para 9,57% em 12 meses, acumulando com maior intensidade todos os efeitos do ICMS sobre energia e combustíveis.

De acordo com economistas, a diminuição do ICMS em alguns setores não serão, contudo, os únicos responsáveis pela esperada queda do IPCA-15 a ser divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Temos também alguns preços livres, que devem ter uma desaceleração, são os casos das passagens aéreas e os itens de vestuário.

Porém, há uma dúvida em relação ao indicador: o preço dos alimentos. No entanto, acredita-se que um eventual aumento desse segmento não será tão drástico no comparativo com julho.

Sendo assim, o número final dessa cesta ficará por conta dos alimentos. Já que não se sabe se virão acima de 1% ou um pouco abaixo de 1%.

Caso venham abaixo de 1%, como os números da FGV [Fundação Getulio Vargas] mostram, poderemos ter o IPCA-15 inferior a 0,8, o que será bom para o consumidor.

Como é calculado o IPCA-15?

O período de coleta de preços, que acontece em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, concessionárias de serviços públicos e domicílios (para levantamento de aluguel e condomínio), vai do dia 16 do mês anterior ao dia 15 do mês atual.

São considerados nove grupos de produtos e serviços:

  • alimentação e bebidas;
  • artigos de residência;
  • comunicação;
  • despesas pessoais;
  • educação;
  • habitação;
  • saúde e cuidados pessoais;
  • transportes e vestuário.

Eles são subdivididos em outros itens. Ao todo, são consideradas as variações de preços de 465 subitens.

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.