Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Saiba como fazer uma simulação de financiamento de forma consciente e escolher a melhor opção para suas necessidades financeiras.

Simulação de financiamento: entenda como fazer a melhor escolha

Saiba como fazer uma simulação de financiamento de forma consciente e escolher a melhor opção para suas necessidades financeiras.
Publicado em 23/03/2023
Leia em 7 minutos
Allan Almeida

Índice

Quando você planeja financiar um imóvel ou qualquer outro bem, é comum ter um monte de dúvidas: valor do financiamento, melhor banco, taxa de juros, prazo etc. Tudo isso é motivo de preocupação porque é uma operação que exige planejamento a longo prazo.

Ou seja, todos os fatores comuns a esse tipo de operação precisam ser levados em consideração. É aí que entra a simulação de financiamento. Essa é uma etapa fundamental para quem deseja adquirir um bem ou serviço financiado.

Neste texto, você vai entender como a simulação de financiamento vai te ajudar a antecipar cálculos importantes antes de você fechar negócio. Também vamos mostrar uma simulação do zero.

Você vai aprender, inclusive, a usar o simulador de financiamento da Caixa.

Acompanhe!

O que é simulação de financiamento

É uma ferramenta que adianta, e muito, a vida de quem vai fazer um financiamento. É que essa ferramenta já é programada levando em consideração as regras vigentes de financiamento no Brasil.

Com isso, o simulador traz o tempo mínimo e máximo para pagar, dependendo do tipo de financiamento, e uma prévia do crédito que poderia ser aprovado. Esse mecanismo é disponibilizado pela maior parte das instituições financeiras do país.

É importante lembrar outro detalhe: o simulador de financiamento é a primeira porta para que você dê início a esse tipo de negociação. É que após o uso do recurso, as conversas entre você e a instituição começam.

Abaixo, você tem um passo a passo de como usar um simulador de financiamento acompanhado de imagens para facilitar o entendimento.

Passo a passo de como fazer a simulação de financiamento imobiliário 

O primeiro passo para simular um financiamento é pesquisar as diferentes instituições financeiras que oferecem o tipo de financiamento que você precisa e comparar as condições oferecidas, como juros, prazo de pagamento e valor das parcelas.

Depois disso, acesse o simulador de financiamento. Aqui vamos mostrar como funciona um deles, o da SejaBest. A fintech é uma instituição multibancos, ou seja, trabalha com soluções financeiras de várias instituições do país.

Acesse o site da instituição e localize o simulador que, neste caso, fica no canto superior direito.

Também é possível encontrar o simulador nas páginas dos produtos financeiros oferecidos pela fintech de crédito (financiamento de imóvel, financiamento de veículo, empréstimo com garantia de imóvel e empréstimo com garantia de veículo).

Quando você clicar no simulador, a página vai apresentar duas opções. Clique na primeira, “Imobiliário”. Depois, “Quero comprar um imóvel”. Em seguida, selecione daqui quanto tempo você pretende comprar o imóvel até chegar à próxima página.

Seleção de perfil de imóvel

Aqui você vai selecionar que tipo de propriedade pretende comprar. Também é possível financiar terreno, galpão e fábrica. Depois de selecionar, escolha o prazo para pagar (de 120 meses a 420 meses) e indique quanto custa o imóvel que você quer.

Seleção de propriedade e prazo de pagamento

Repare que a ferramenta já mostra uma prévia de quanto você teria direito nessa operação. Em seguida, responda se você tem valor de entrada, se já escolheu o imóvle ou está à procura. Por fim, é hora de inserir os dados.

Tela para preencher com seus dados

Última etapa. Para que sua proposta de financiamento seja avaliada pelos bancos, é necessário que você preencha com seus dados. Com essas informações, vai ser possível fazer a análise de crédito e saber quais instituições financeiras aprovam seu financiamento.

Em poucos dias você recebe o retorno de um assessor de crédito, em seu WhatsApp, trazendo todos os detalhes. Caso seja aprovado, o especialista vai te explicar tudo e mostrar quais são as melhores opções para o seu caso.

Documentos necessários para fazer a simulação de financiamento

Para esta fase, são poucos documentos. Mas aqui eu vou listar os que você pode precisar ao longo do processo de financiamento. Acredite, ter tudo isso em mão pode acelerar a aprovação de sua proposta. Vamos lá:

  • Identidade;
  • CPF
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda;
  • Demonstrativo de FGTS;
  • Certidão de casamento (caso seja casado);
  • Carteira de trabalho (a depender da instituição);
  • Certidão que comprove que não tenha nenhuma dívida com a União.

Prazo para aprovação da proposta de financiamento

Isso vai depender de uma série de fatores. Desde políticas das instituições financeiras a falta de documentos. Esse último é o que mais emperra aprovação de financiamentos.

Por isso, fique atento ao tópico anterior. Além disso, as instituições podem exigir outros documentos. A orientação, então, é que você pesquise e saiba qual a papelada que o banco de sua preferência costuma exigir.

Bom, a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) diz que o tempo médio de liberação é de 40 dias, mas pode demorar até 3 meses. Contudo, como mostramos acima, vai depender de muitos detalhes.

Algumas instituições podem liberar o recurso, por exemplo, 10 dias após a simulação. É o caso da Caixa Econômica Federal. O banco público, de acordo com a Abecip, responde por 70% do total de financiamentos no país.

Por fim, não deixe de pesquisar e se adiante. Deixe todos os documentos possíveis separados e se atente, também, à Declaração do Imposto de Renda. Erros na entrega da obrigação anual também deixam o processo bem mais lento.

Fazer simulação de financiamento abaixa o score de crédito?

Antes de mais nada, saiba que score de crédito, como o nome sugere, é uma pontuação que avalia o risco de crédito de uma pessoa ou empresa com base no histórico financeiro. Segundo a Serasa, vai de 0 a 1.000.

Quanto maior o score de crédito (acima de 700), maior a probabilidade de pagar dívidas em dia, facilitando o acesso a empréstimos e financiamentos. Por outro lado, um score baixo (abaixo de 500) indica um maior risco de crédito e pode dificultar o acesso a crédito.

Mas fazer uma análise de crédito para simular um financiamento não deve impactar negativamente a pontuação de crédito. Isso ocorre porque as análises feitas para a simulação são consideradas como consultas de crédito “soft”.

As consultas de crédito soft acontecem quando você mesmo solicita a análise do seu crédito ou quando empresas fazem uma verificação preliminar para oferecer produtos ou serviços específicos.

E não afetam sua pontuação de crédito porque são consideradas rotineiras e não como solicitação de crédito. Por outro lado, as consultas de crédito “hard”, ou com impacto, são realizadas quando você solicita crédito, como um cartão de crédito ou um empréstimo.

Essas consultas podem afetar sua pontuação de crédito, uma vez que indicam que você está buscando crédito e, por isso, pode representar um risco maior de inadimplência.

Dessa forma, realizar simulações de financiamento é uma estratégia útil para obter informações sobre diferentes opções de crédito, sem prejudicar sua pontuação de crédito.

Qual o melhor banco para fazer simulação de financiamento

A Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) mostra que, no Brasil, são 155 instituições financeiras em operação. No entanto, nem todas oferecem simulação de financiamento porque não trabalham com esse produto.

Quer um exemplo? Nubank! É o banco mais valioso da América Latina, mas não oferece esse tipo de serviço. Mas algumas das principais instituições financeiras do país, além de bancos públicos, têm a ferramenta de simulação de financiamento. Veja:

  • SejaBest: a fintech, já citada aqui, trabalha com inúmeros bancos e presta assessoria especializada, e gratuita, para quem pretende fazer um financiamento. Tem um dos simuladores mais objetivos do mercado;
  • Santander: o banco privado tem um simulador que já pede os dados pessoais logo na primeira página. Todos os campos são obrigatórios para seguir com a simulação
  • Bradesco: a ferramenta de simulação do Bradesco é simples e começa com informações de valores. Diferentemente de outros bancos, que têm prazo de até 420 meses, aqui é de 240 meses;
  • Itaú: o simulador do banco também pede as informações pessoais logo de início. Oferece 35 anos de prazo para quitar o financiamento imobiliário.

Esses são, apenas, alguns exemplos. Antes de escolher a instituição para fazer a simulação de financiamento, compare as condições e taxas de cada uma. Assim, você pode verificar qual oferta se adequa à sua necessidade financeira.

Como fazer simulação de financiamento de veículo

Para enriquecer a nossa conversa, não dá para deixar de falar sobre simulação de financiamento de veículo. Esse recurso pode te ajudar a ter uma ideia melhor de quanto dinheiro você vai precisar para comprar aquele carro que você já está namorando.

E vai além disso porque se na simulação você notar que o valor do carro veículo que você queria ultrapassa o orçamento, é possível encontrar uma melhor opção, que esteja de acordo com seu perfil financeiro.

Antes de mais nada, tenha todos os documentos em mãos, os que citamos no terceiro tópico do texto. Agora a gente volta ao simulador da SejaBest. Como você sabe, na primeira página da simulação você vai escolher a opção que deseja. Neste caso, a segunda.

Tela inicial de seleção de modalidade de crédito

Depois disso, clique na primeira opção “Quero comprar um veículo” e, em seguida, escolha que tipo de carro pretende financiar: leve ou pesado; na outra página, selecione o prazo para pagar (até 5 anos); e, por fim, os dados do veículo.

Aqui, para facilitar o seu entendimento, simulamos a compra de um Celta, da Chevrolet. Veja que o simulador já traz o preço do carro de acordo com a Tabela Fipe.

Ao prosseguir, o simulador mostra o valor mínimo e máximo, até então, que você teria direito de financiar.

Tela para inserir valores da operação

Estamos quase no final. Na próxima parte, você precisa informar qual é o seu score de crédito e se há restrições em seu nome. Por fim, o simulador pede seus dados pessoais.

Tela para preenchimento de dados

Essa é a parte mais importante porque, como já explicamos, depois dela você envia seus dados à SejaBest. Uma análise de crédito vai ser feita para avaliar se você está apto ao financiamento e quais bancos aprovam sua proposta.

Em resumo, fazer uma simulação de financiamento de veículo pode ajudá-lo a tomar uma decisão mais informada sobre como financiar sua compra. Lembre-se de comparar várias opções e negociar bem para conseguir as melhores condições possíveis.

Como simular amortização de financiamento imobiliário

Existem alguns macetes para quem quer acelerar a amortização e economizar nos juros. No vídeo acima, há uma explicação detalhada de como você pode fazer isso. E se você ler os comentários, vai ver que muita gente conseguiu economizar muito dinheiro com as dicas.

Mas uma das orientações é: nunca adiante o pagamento de parcelas por conta própria. Como assim? Suponhamos que você esteja com uma reserva e queira abater a dívida. Se você, por exemplo, imprimir os boletos e pagar, os juros vão continuar os mesmos.

Abate o saldo devedor, mas os juros continuam. A estratégia é: entrar em contato com a instituição bancária, ou com seu gerente, e dizer que você quer dar um lance no saldo devedor. Assim, o banco vai te oferecer algumas opções. Uma delas, amortizar direto da dívida. Isso vai ajudar a reduzir os juros.

Planilha de amortização

Quando a simulação de financiamento está aliada a uma boa planilha de amortização, você sabe tudo que vai pagar antes mesmo de fechar negócio, assim, fica mais fácil se planejar e entender quanto vai ser gasto, ao longo do tempo, no pagamento das parcelas.

São informações que, aliadas à simulação de financiamento, enriquecem seu entendimento e te ajudam a tomar uma decisão mais assertiva. Em outras palavras, você tem um valor previamente aprovado, parcelas, juros e o prazo de pagamento.

Para facilitar, fizemos uma tabela de amortização para que você possa, com calma, entender tudo o que vai pagar em um financiamento. Clique no banner abaixo e baixe agora a planilha.

Conclusão

Fazer uma simulação de financiamento é uma etapa fundamental para quem deseja adquirir um bem ou serviço financiado de forma consciente.

A simulação permite comparar diferentes opções de financiamento, analisando o valor das parcelas, o prazo de pagamento e as taxas de juros, para escolher a opção mais adequada para suas necessidades financeiras.

A ferramenta, aliada a uma planilha de amortização, também permite ter uma visão mais ampla sobre os custos envolvidos no financiamento, evitando armadilhas que possam comprometer a sua saúde financeira a longo prazo.

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.