Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
O melhor financiamento imobiliário é aquele que atende às suas necessidades e possui o menor custo. Conheça 5 opções interessantes!

Saiba quais são os bancos com o melhor financiamento imobiliário

O melhor financiamento imobiliário é aquele que atende às suas necessidades e possui o menor custo. Conheça 5 opções interessantes!
Publicado em 13/06/2023
Leia em 6 minutos
Allan Almeida

Índice

Contratar algum tipo de crédito para compra da casa própria é uma chance de antecipar sonhos e, assim, ter um lar sem pagar aluguel. Por se tratar de um empréstimo de longo prazo (que pode durar até 35 anos), conhecer as melhores opções é essencial. Nesse sentido, queremos lhe ajudar a escolher o melhor financiamento imobiliário.

Para isso, vamos destacar alguns detalhes que você precisa saber antes de fazer a contratação, quanto pode financiar, qual o valor de entrada, entre outras dúvidas sobre o assunto. E, para finalizar, claro, queremos lhe mostrar quais bancos oferecem os créditos à habitação mais atrativos.

Quer saber qual o melhor banco para financiar imóvel? Então, siga com a SejaBest em mais um conteúdo exclusivo!

O que precisa saber antes de fazer um financiamento de imóvel?

Antes de entender qual é o melhor financiamento imobiliário, não podemos deixar de dar algumas dicas para quem quer contar com o crédito para a compra da casa própria. Nesse sentido, ao cogitar financiar um imóvel, leve em consideração:

  • Ter um bom planejamento financeiro para dar conta das prestações de longo prazo;
  • Conhecer diferentes tipos de créditos e de taxas de juros;
  • Comparar propostas de bancos e outras empresas de financiamento;
  • Ter o valor para a entrada no imóvel;
  • Ter renda suficiente para cobrir as prestações, ou seja, o valor pago todos os meses não pode ser mais do que 30% dos seus rendimentos;
  • Estar preparado para custos adicionais e imprevistos;
  • Avaliar bem sua situação financeira.

Além disso, lembre-se de que o financiamento é um empréstimo de longo prazo. Portanto, você precisa conhecer muito bem todas as condições de contratação ao assinar o contrato. Aqui, inclua informações como taxas de juros, forma de amortização, limite de crédito, valor das tarifas, entre outros custos.

É possível financiar 100% do imóvel?

Não, pela legislação brasileira, você não consegue financiar 100% do valor de um imóvel. Sendo assim, sempre é necessário estar preparado para pagar a entrada no momento da contratação.

Em suma, a maioria das operações de crédito à habitação permite financiar até 80% da propriedade. No entanto, em algumas situações especiais, você pode conseguir um percentual maior.

Qual valor de entrada para financiamento imobiliário?

De modo geral, a entrada de um crédito imobiliário é determinada a partir de uma porcentagem do valor do imóvel que você quer comprar.

Para saber qual o valor de entrada do seu financiamento imobiliário, o melhor é procurar a informação com a própria instituição financeira. Isso porque, ela depende de alguns fatores como, por exemplo:

  • Preço de avaliação do imóvel;
  • Sua capacidade de pagamento;
  • Quais as regras de contratação do banco. Existem instituições que exigem 20% de entrada, enquanto outras podem pedir mais ou menos do que isso.

Por exemplo, para um imóvel de R$100 mil em um banco que exige 20% de entrada, esse valor será de R$20 mil.

Ademais, cabe ressaltar que o montante que você der de entrada influencia nos termos do financiamento. Assim sendo, quanto maior o valor de antecipação, menor será o montante do empréstimo e melhores serão as taxas de juros associadas.

Quais bancos possuem financiamento de imóvel?

Existem vários bancos que possuem a modalidade de financiamento de imóvel. Tanto instituições tradicionais quanto fintechs e bancos digitais oferecem esse tipo de serviço bancário.

Para quem procura por um banco para fazer o financiamento imobiliário, vale destacar instituições como:

  • Caixa;
  • Banco do Brasil;
  • Itaú Unibanco;
  • Santander;
  • Bradesco;
  • Banco Inter;
  • Banco Safra;
  • Fintechs de crédito como: Creditas, CrediHome e SejaBest.

Qual o banco com a menor taxa de juros para financiamento imobiliário?

A melhor taxa de financiamento imobiliário varia conforme as condições de contratação e a situação econômica. Fatores como a Taxa Básica de Juros (Taxa Selic), Taxa Referencial (TR), a remuneração da poupança e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) influenciam na taxa de juros do crédito.

Assim, de modo bem resumido, o financiamento possui uma taxa de juros fixa e uma parte atrelada a um dos indicadores – TR, poupança e IPCA. Cada banco oferece um ou mais tipos de taxas, então, é interessante conferir nos simuladores de crédito qual possui as melhores condições neste momento.

Modalidades de taxas de financiamento: quais são?

Para quem não está familiarizado com as modalidades de taxas de financiamento imobiliário, vale fazer um pequeno adendo aqui. Em síntese, as taxas que existem são:

  • Taxa fixa: em que os juros são fixados no momento da contratação e permanecem constantes ao longo do tempo. Com isso, o valor das prestações tendem a não variar muito.
  • Taxa variável: nessa modalidade, existe uma taxa fixa aplicada pela instituição que é somada a uma taxa variável. A parte variável está atrelada a um índice de referência que pode ser a remuneração da poupança, a TR ou o IPCA. Desse modo, a taxa é atualizada periodicamente de acordo com as variações desses índices, o que pode mudar o valor das parcelas do crédito.

Qual banco é mais fácil para financiar um imóvel?

Novamente, podemos dizer que o banco mais fácil para contratar um financiamento imobiliário depende de cada caso. Isso ocorre porque os bancos avaliam uma série de quesitos antes de fornecer o crédito.

Com isso, fatores como tempo de relacionamento com a instituição, score de crédito, capacidade de pagamento, entre outros, podem aumentar as chances de aprovação.

Qual o melhor financiamento imobiliário?

Cada banco possui seu próprio sistema de aprovação de financiamento imobiliário e especificidades, por isso, fica um pouco difícil determinar qual é o melhor. No entanto, com base nos dados liberados por cada um, podemos traçar um panorama geral das principais opções de crédito disponíveis.

Conheça, em seguida, um pouco mais sobre o financiamento dos maiores bancos em atuação no Brasil nesse tipo de serviço:

Santander

Com análise de crédito na hora, o Santander oferece as seguintes condições para o financiamento imobiliário:

  • Prazo de até 35 anos;
  • Possibilidade de compor renda com qualquer pessoa;
  • Financia até 80% de imóveis residenciais e até 70% de imóveis comerciais;
  • Parcelas podem ser pagas pela Tabela PRICE ou SAC;
  • Uso de FGTS liberado para propriedades de até R$1,5 milhão (seguindo as demais regras para uso do fundo);
  • Possibilidade de financiar despesas cartoriais;
  • Taxa de juros a partir de 10,99% ao ano + TR;
  • Permite contratação online e presencial.

Bradesco

O Bradesco é um dos maiores bancos brasileiros e, assim como o anterior, tem avaliação de crédito super rápida e você não precisa nem sair de casa para fazer a contratação. Além disso, você pode escolher o melhor financiamento imobiliário de acordo com a taxa de juros que deseja pagar:

  • Taxa fixa + TR
  • Taxa fixa + remuneração da poupança

A respeito das condições especiais do banco, destacamos o prazo de 35 anos para pagar financiamentos de até 80% do imóvel com parcelas a partir de R$200,00.

Itaú Unibanco

Dentre os bancos privados o Itaú Unibanco é um dos melhores para financiar imóvel pois conta com taxas mais atrativas, menos burocracias e tecnologia de ponta para atender os clientes.

Para financiamentos de até R$1,5 milhão, a avaliação de crédito é feita em 1h e você conta com consultores especializados para ajudar. Também tem a possibilidade de fazer o processo online ou presencial, como preferir.

Como diferenciais, o banco oferece a função de pula parcela, em que você pode pular duas parcelas seguidas a cada 12 meses e a chance de financiar até 90% do imóvel.

Por fim, o Itaú possui duas modalidades de juros:

  • Taxa fixa de 10,49% + TR em que você sabe o valor das parcelas do começo até o final do contrato;
  • Taxa de 5,49% + rendimento da poupança com taxa que varia para cima ou para baixo conforme a poupança. Quando o rendimento é baixo, os juros diminuem também e quanto é alto, há um teto que não é ultrapassado.

Banco do Brasil

O primeiro banco público da nossa lista é o Banco do Brasil, que conta com contratação simplificada e disponível online ou nas agências. Entre suas condições, o BB oferece:

  • Financiamento de até 80% do imóvel;
  • Opção de usar o FGTS para entrada ou amortização;
  • Prazo de 420 meses (35 anos) e carência de até 6 meses para pagar a primeira prestação;
  • Assessoria especializada em crédito imobiliário;
  • Composição de renda por até 3 proponentes, familiares ou não;
  • Pode pular até 2 parcelas a cada ano;
  • Valores de R$20 mil até R$5 milhões.

Caixa

A Caixa Econômica Federal foi criada, basicamente, para ser a maior fornecedora de crédito à habitação no Brasil. Com isso, ela possui mais linhas de financiamento imobiliário e taxas de juros menores do que outros bancos, o que a coloca como (provavelmente) a melhor opção.

Em contrapartida, ela possui uma burocracia maior do que as opções anteriores e você só pode fazer o crédito em uma agência. Sendo assim, a contratação online ainda não está disponível.

Em suma, na Caixa você tem até 35 anos para pagar pelo crédito, consegue financiar até 80% do imóvel e pode usar o FGTS para entrada ou amortização. Além disso, as parcelas não podem comprometer mais de 30% da renda da família.

Por fim, cabe ressaltar que os juros podem estar associados à TR, IPCA, Poupança Caixa ou terem uma taxa pré-fixada. Aqui, a sua escolha depende do resultado da simulação de crédito e do que considera mais vantajoso.

Qual o melhor banco para financiar imóvel?

Agora que conhecemos algumas opções de financiamento imobiliário, podemos dizer que a melhor opção será aquela que reúne as condições mais favoráveis durante a contratação. Nesse sentido, para escolher, considere:

  • Custo com seguros obrigatórios;
  • Valor de entrada;
  • Tarifas administrativas;
  • Tempo de relação com a instituição;
  • Necessidade de contratar outros serviços do banco para poder fazer o crédito;
  • Prazo de pagamento;
  • Taxa de juros associada;
  • Custo Efetivo Total.

E, para concluir, confira uma avaliação incrível que nosso CEO, Gaspar Motta, fez dos principais bancos que financiam imóveis em 2023:

Outras matérias para você:

Compartilhe este artigo

Quero comprar

um imóvel.

Quero empréstimo
usando meu imóvel.